logo

Mãe Preta

Written by Administrator
Monday, 11 July 2011 00:00

Mãe Preta

Bendita sejas...
Oh! Mãe preta do congado
Que teve seu filho escravizado,
Morto de tanta chibatada.
Mãe preta que foi chamada
Para amamentar o filhinho da patroa,
Sinhazinha doente e delicada,
De olhos tristes e alma boa.
Deu seu leite como se fosse
Para o seu próprio menino,
Com tanto Amor e carinho
Que quis um dia, o destino
Que o rapaz, já sinhozinho,
Viesse agradecer a vida
Beijando a mão enrugada e santa
pintmedmarcia
Oh! Mãe preta,
Cuja dor foi tanta,
Recorda Nossa Senhora... Maria,
Com seu Filho morto na Cruz.
Com o sentimento mais puro,
Do fundo de sua alma,
Eleva à Mãe Santíssima
Uma prece
E serena e calma,
Então adormece.
Livre das amarras do corpo,
Num sonho de felicidade,
Vê um jovem negro.
Na flor da idade;
Livre do tronco, da corrente e da chibatada,
E sorrindo, envolto em Luz,
Lhe diz:
-Sua bênção minha Mãe!
Mãe preta banhada em lágrimas de alegria,
Diz apenas...
-Obrigada minha Mãe Maria...
-Louvado seja Jesus.
14/05/2008 - Noite de quinta-feira, durante o estudo do Evangelho.
Grupo Espírita de Trabalho Misail - psicografado por Antoninho Biscaro

Pintura Mediúnica - Márcia Cristina Gonçalves  de Figueiredo Bonesso

 

 


Last Updated ( Tuesday, 19 July 2011 17:56 )